Scout

 

Lançamento do ultimo balão

 

O sétimo e último lançamento da campanha de balões SCOUT 2008 ocorreu em 27/junho às 02:22, na base de lançamentos instalada no Aeroporto Domingos Rego na cidade de Timon-MA.

O experimento LPMA-DOAS pesando 530 kg foi lançado em um balão de 402 mil m3, atingindo 37,2 km de altitude e voando por aproximadamente 16 horas, sendo resgatado nas proximidades de Capinzal do Norte - MA.

 

 

O experimento LPMA-DOAS (Limb Profile Monitor of the Atmosphere / Differential Optical Absorption Spectroscopy) desenvolvido pelo Laboratoire de Physique Moléculaire et Application do CNRS, Universidade Pierre e Marie Curie e Universidade de Heidelberg tem como objetivo principal a obtenção do perfil estratosférico de uma série de constituintes relacionados à química do ozônio de latitudes tropicais, para a aprovação do satélite ENVISAT da ESA. 

 

 


Lançamento do sexto balão

 

O sexto lançamento da campanha de balões SCOUT 2008 ocorreu em 19/junho às 18:05, na base de lançamentos instalada no Aeroporto Domingos Rego na cidade de Timon-MA.

O experimento SALOMON pesando 179 kg foi lançado em um balão de 100 mil m3, atingindo 35 km de altitude e voando por aproximadamente 4 horas, sendo resgatado nas proximidades de Timon.

 

  

 

O experimento SALOMON desenvolvido pelo Laboratoire de Physique et Chimie de l’Environnement do CNRS tem como principal objetivo a medição in-situ dos perfis verticais de concentração de ozônio, gases minoritários e aerossóis para validação das observações noturnas do instrumento GOMOS do satélite ENVISAT da ESA.

 

 

O vôo em balão do último experimento (LPMA-DOAS) da campanha SCOUT está previsto para a próxima terça-feira.

 

Lançamento do quinto balão

O quinto lançamento da campanha de balões SCOUT 2008 ocorreu em 13/junho às 03:17, na base de lançamentos instalada no Aeroporto Domingos Rego na cidade de Timon-MA.

O experimento LPMA-IASI pesando 454 kg foi lançado em um balão de 150 mil m3, atingindo 34 km de altitude e voando por aproximadamente 8 horas, sendo resgatado próximo à cidade de Caxias - MA.

 

 

O experimento LPMA-IASI desenvolvido pelo Laboratoire de Physique Moléculaire et Application do CNRS, Universidade Pierre e Marie Curie e Universidade de Heidelberg tem como principal objetivo a validação do instrumento IASI (Infrared Atmospheric Sounding Interferometer) do satélite METOP da ESA, através de medidas das variações na radiância espectral de acordo com a altitude e sobre diferentes tipos de alvos, tais como vegetação, nuvens, etc.

 

 

Lançamento do quarto balão

O quarto lançamento da campanha de balões SCOUT 2008 ocorreu em 09/junho às 20:08, na base de lançamentos instalada no Aeroporto Domingos Rego na cidade de Timon-MA.

O experimento SPIRALE pesando 511 kg foi lançado em um balão de 150 mil m3, atingindo 33.682 m de altitude e voando por aproximadamente 7 horas, sendo resgatado próximo à cidade de Coivaras - PI.

 

 

O experimento SPIRALE (Infrared absorption spectroscopy by tunable diode lasers) consiste em um conjunto de espectrômetros IR desenvolvidos pelo LPCE (Laboratoire de Physique et Chimie de l’Environnement) do CNRS (French National Centre for Scientific Research), University of Orléans e LMD (Laboratoire de Météorologie Dynamique) do CNRS, sendo o principal objetivo científico medições simultâneas in situ dos perfis verticais de concentrações de CO, O3, CO2, H2O, CH4, NO, NO2, N2O, HCl, HNO3, COF2, HOCl, H2O2 e de aerossol com uma resolução vertical de poucos metros.

 

 

 

Lançamento do terceiro balão

O terceiro lançamento da campanha de balões SCOUT 2008 ocorreu em 05/junho às 22:23, na base de lançamentos instalada no Aeroporto Domingos Rego na cidade de Timon-MA.

O experimento MIPAS-B pesando 720 kg foi lançado em um balão de 400 mil m3, atingindo 37.375 m de altitude e voando por aproximadamente 20 horas, sendo resgatado próximo à cidade de Gonçalves Dias - MA.

gallery1 gallery1  

O experimento MIPAS-B consiste em um conjunto de espectrômetros IR, microondas e UV-vis, fotômetro UV e contador de aerossóis desenvolvidos pelo DLR (Deutsches Zentrum fuer Luft- und Raumfahrt), University of Heidelberg, Forschungszentrum Karlsruhe e LPCE (Laboratoire de Physique et Chimie de l’Envirronnement), sendo o principal objetivo científico a medição das propriedades dos gases residuais e das nuvens na camada troposférica superior e na estratosfera com diversas técnicas de sensoriamento remoto.

 

Lançamento do segundo balão

O vôo em balão do experimento OPC lançado em 30/05 às 07:27 foi finalizado às 10:06, sendo o experimento resgatado nas proximidades da cidade de Altos-PI.

O segundo vôo da campanha de balões SCOUT 2008 ocorreu hoje (01/06/2008) às 06:03, com o lançamento do experimento TRIPLE, na base de lançamentos instalada no Aeroporto Domingos Rego na cidade de Timon-MA. O experimento pesando 375 kg foi lançado em um balão de 150 mil m3, voando por aproximadamente 6 horas e sendo resgatado próximo à cidade de Vargem-PI.

O experimento TRIPLE (3ª foto) consiste em um conjunto de instrumentos da University of Frankfurt, Forschungszentrum Jülich e University of Reims, sendo o principal objetivo científico a medição de traçadores de longa duração e vapor de água, envolvidos na química do ozônio na estratosfera.

 

gallery1 gallery1 gallery1

Lançamento do primeiro balão

Teve início em 30/05/2008, com o vôo de abertura às 07:27, a campanha de balões SCOUT, com o lançamento do experimento OPC (Optical Particle Counter), na base de lançamentos instalada no Aeroporto Domingos Rego de Timon-MA.

Nesta campanha estão previstos lançamentos em balões de pressão zero (BSO) de sete experimentos científicos de vários países da Comunidade Européia, com foco na relação entre química e clima na troposfera superior e estratosfera inferior e as trocas entre estas duas camadas. Entre os objetivos estão o estudo da camada de ozônio, previsão de mudanças climáticas e validação de instrumentação dos satélites METOP e ENVISAT da ESA.

A campanha de balões SCOUT é a primeira campanha do Programa Específico de Cooperação assinado entre o CNES e AEB/INPE relativo à execução de vôos de balões em território brasileiro, assinado em 2007. O Programa tem a duração de 5 anos, nos quais estão previstos campanhas de lançamentos de balões para pesquisa atmosférica na região equatorial brasileira.

O acordo técnico-científico tem a participação dos pesquisadores Plínio Alvalá e Karla Longo da DGE/CEA, Saulo Freitas do CPTEC e da equipe do Setor de Lançamento de Balões do INPE.

 

 

 

 


Copyright 2012 © INPE/CEA. Todos os direitos reservados.